UX vs UI: entenda as diferenças

No items found.
17/9/2019
Rodrigo Dutra
Rodrigo Dutra
Marketing Manager

Orientado por design, meu objetivo é gerar experiências extraordinárias para humanos. Ativista vegano e consumidor ávido de podcasts.

Está sem tempo para ler? Aperte o play para escutar o artigo.

O Design tem inúmeras especializações, aplicações e responsabilidades que abrangem uma diversa gama de habilidades. O papel mais conhecido é o de designer gráfico, aquele profissional criativo que aplica seu conhecimento em desenvolver peças de comunicação bonitas e efetivas. 

Porém, a mágica acontece quando entendemos a real função do design em diferentes contextos. Ele é uma maneira de aprimorar o valor entregue para o usuário através de um produto e ir além de suas características funcionais, criando uma boa experiência de uso. 

Além da confusão sobre o estudo de design, a diferença de maturidade de empresas em relação à nova economia e as transformações em negócios que ocorrem a partir dela, acarretam em confusão a etimologia dos termos UX (user experience) e UI (user interface). 

Estes papéis se colocam como o futuro do design e muitas vezes são colocados como termos intercambiáveis. Vamos explorar neste artigo as principais diferenças entre os dois e como desenvolver as duas habilidades.

Separando UX de UI

Apesar de ambos serem trabalhos complementares, são usados para diferentes objetivos durante o desenvolvimento de produto, com processos distintos. 

UX vs UI

UX design (user experience) usa ferramentas como pesquisa e personas para identificar pontos importantes e dores ao longo da experiência com o produto. Já UI design (user interface) lida com o visual de um projeto e entrega a parte gráfica, o profissional de UI pensa em como dispor os elementos, tipos de informação, cores e etc.  

UX design ou Design de experiência

O termo foi popularizado por Don Norman nos anos 90, durante seu trabalho na Apple. Dentro da empresa, o termo surgiu a partir da necessidade de melhorar a experiência do usuário ao usar um computador da marca. O time de UX se preocupava em melhorar a experiência em todos os pontos de contato com seus produtos, da primeira interação na loja, no tamanho da caixa até sua instalação.

A equipe de UX procura entender quem são os seus clientes e como fazer com que o produto entregue uma experiência encantadora, além de também entregar a melhor funcionalidade e usabilidade para o usuário.

Como é o trabalho de UX design?

Tudo começa com um desafio a ser resolvido a fim de criar experiências significativas e marcantes para o usuário. Para tal, o UX designer pode considerar responder algumas perguntas. 

  • Por que? Explora as motivações para começar o uso de um produto por parte do usuário. Neste estágio estudamos se o usuário se relaciona com a tarefa a ser feita e se o senso de ser dono do produto vai ao encontro das suas visões e valores. Uma das ferramentas usadas para responder esta pergunta é um mapa de empatia, por exemplo.
  • O que? Toda a gama de coisas que podemos fazer com o produto, mais conhecido como funcionalidade e features. 
  • Como? O desenvolvimento da funcionalidade de uma maneira acessível e esteticamente atraente.

Os processos de um designer de UX variam de empresa para empresa, mas geralmente incluem pesquisas com usuários (qualitativas e quantitativas), análise competitiva, criação de personas, design de wireframes e protótipos interativos. 

UX é centrado no usuário

UX é multidisciplinar, uma vez que abrange toda a jornada do usuário ao interagir com um produto. Em função desta característica, profissionais de diversas áreas podem desempenhar este trabalho: design, desenvolvimento web, psicologia. Para desenvolver um produto que atinja o objetivo de construir uma experiência significativa para todos os usuários, é preciso ter uma consciência sobre acessibilidade, acomodando diversas formas de limitações humanas. 

UI design ou User Interface design

O Design de interface é responsável por transferir os recursos visuais de uma marca para a interface de um produto, tendo em mente a experiência do usuário. Ele existe para construir uma parte essencial da experiência do usuário e desenvolve o processo de produção destas interfaces para produtos ou aplicativos, com foco em experiência, estética e estilo.

UI design


Interface é todo ponto de acesso onde se faz uma relação entre usuário e produto, falamos mais da interface gráfica mas também podemos usar interfaces via voz ou gestos. O designer de interface trabalha com desenvolvimento gráfico, guias de estilo, prototipação, interatividade, animação até implementação com o desenvolvedor. 

Como desenvolver UI espetaculares

Um excelente UI é aquele que desenvolve uma interface intuitiva para o usuário, o melhor design é o imperceptível. Seu usuário é humano, e humanos cometem erros e precisam de uma experiência confortável com pouca carga cognitiva. 

Alguns pontos para ter em mente quando desenvolver sua interface:

  • Desenvolva elementos com função previsível, procurando entender qual é o movimento ou ação esperada pelo usuário. 
  • Procure expor as funcionalidades de forma que o usuário consiga descobri-las e entendê-las da maneira mais fácil possível.
  • Deixe o mais simples possível. Todo elemento deve ter um propósito.
  • Sempre respeite a hierarquia de atenção do usuário.
  • Chame a atenção do mais importante usando cores, brilho e contraste.
  • Implemente feedback. O usuário sempre deve ter feedback de uma tarefa que está tentando performar. 
  • Mantenha consistência de marca ao longo do seu produto.

UX vs UI: principais diferenças

Apesar dos dois papéis andarem juntos e aplicar metodologias similares como o design thinking, há uma linha clara dividindo os dois conhecimentos. 

Para resumir bem os dois termos, UX pensa em otimizar a experiência do usuário e estrutura processos, como pesquisa com usuário, análise de dados, entrevistas, testes de usabilidade. O design de interface também trabalha na experiência do usuário, mas montando as interfaces que servirão para a interação com o produto. Mas sempre importante ressaltar que os dois são papéis, não cargos, e muitas vezes são desempenhados por um mesmo profissional, dependendo da estrutura e maturidade da empresa.

Ainda tem alguma dúvida sobre o assunto? Conta pra gente nos comentários! 


O que você achou deste conteúdo?
Quer receber nossos conteúdos?
Seu cadastro foi efetuado com sucesso! Enviaremos as novidades no seu email.
Oops! Something went wrong while submitting the form.