Os grandes Cases de sucesso em Growth Hacking

17/7/2019
Lucas Andrade
Lucas Andrade
Growth Hacker

Apaixonado por tecnologia, dados e empreendedorismo.

Está sem tempo para ler? Aperte o play para escutar o artigo.

Em 2010, Sean Ellis no seu artigo “Find a Growth Hacker for your Startup” deu origem ao termo “Growth Hacker” que, segundo ele, podemos definir como marketing orientado a experimentos.

A ideia principal do tema é testar tudo antes de escalar, onde os testes mal sucedidos viram aprendizados, no fim das contas torna-se uma metodologia de trabalho, onde toda empresa está focada em testar e documentar tudo. Dessa forma, geramos um aprendizado constante.

Dentro e fora do Brasil, as palavras “Hacker” e “Hacking” carregam certo apelo de algo proibido. Desde que o termo foi criado, vários exemplos foram vinculados como estratégias relacionadas ao tema, cases como: AirBnB, Dropbox (empresa que o próprio Sean Ellis trabalhou como Head de Growth), Hotmail, PayPal, - ainda nesse artigo vamos mostrar algumas estratégias que foram aplicadas nessas empresas - , todas elas tiveram crescimento exponencial.

Por outro lado, foi criando uma ideia de que as empresas precisam apenas de um hack matador para crescer de forma rápida e viralizarem. 

Holistc Growth

O conceito de holistic growth vem para mudar os conceitos errados que foram atribuídos à growth hacking. 

Esse novo termo mostra a ideia de aplicar growth em todos departamentos e não limitando-se apenas ao marketing, é desenvolver uma visão holística da empresa. O termo também busca ampliar a discussão de testes e experimentos, utilizando o método científico como dna da empresa, aplicando nas equipes de RH, Vendas, Suporte, Produto e Operação, por exemplo.  

Sendo assim, o objetivo é que os experimentos virem algo contínuo na empresa e que as pessoas envolvidas não encarem isso como algo pontual ou que pensem que vão encontrar um hack matador e “destravar” um crescimento exponencial. 

Olhando para o passado, vamos detalhar algum dos casos mais famosos que ocorreram, mas não fique preso neles e não caia na armadilha de esperar o hack milagroso que irá viralizar seu produto/empresa.

Confira alguns cases

PayPal

  • Empresa de pagamentos online, usada para receber e enviar dinheiro.
  • Atualmente possui 277 milhões de contas ativas.
  • Técnica usada: Member Get Member (MGM).
  • A primeira ideia era anunciar de forma tradicional, mas como os custos eram altos, tentaram acordos de business development com grandes bancos. O grande problema dessa escolha era a burocracia, a solução então foi partir para algo viral.
  • Com o MGM, eles literalmente pagavam para as pessoas criarem contas na plataforma, bastando apenas confirmar o e-mail e adicionar um cartão de crédito válido. O dinheiro era depositado na conta, podendo ser transferido ou até mesmo sacado.
  • Foi gasto nessa época cerca de 10 milhões em cadastro e bônus de indicação no primeiro ano que resultou na vinda de 10 milhões de usuários em março de 2000.
  • Os bônus foram diminuindo aos poucos na ordem de $20 para $5 e depois foram aumentando as etapas de verificação de conta, assim dificultando mais o processo.
  • Quando a rede se auto-sustentava, eles encerraram  a bonificação. 


Linkedin

  • O Linkedin é uma rede social de negócios que foi fundada no fim de 2002.
  • Hoje, conta com mais de 500 milhões de usuários, devido suas estratégias de crescimento.
  • Tornar público os perfis que antes eram visíveis somente dentro da rede foi uma das principais estratégias utilizadas. Desta forma os perfis viraram a própria publicidade da empresa, com famosos aderindo e levando outras pessoas para participarem da rede.

AirBnB

  • Airbnb é um serviço online comunitário para as pessoas anunciarem, descobrirem e reservarem acomodações e meios de hospedagem.
  • Em 2010, era comum os americanos anunciarem suas casas para alugar no Craigslist (espécie de comunidade online, onde as pessoas podem criar anúncios gratuitos).
  • A estratégia do Airbnb foi disponibilizar uma opção que permitia o usuário anunciar tanto na sua plataforma quanto no Craigslist.
  • Os usuários foram percebendo a facilidade e qualidade no uso do Airbnb e começaram a migrar.
  • Fora a estratégia falada anteriormente, o airbnb usa até hoje o member get member que oferece créditos ao futuro usuário e caso ele efetue uma hospedagem, o cliente que enviou o convite recebe créditos para utilizar na plataforma.
  • Em março de 2019, o Airbnb chegou a marca de meio bilhão de visitantes.


Hotmail

  • O hotmail foi primeiro serviço de webmail da internet, em 1996 a dupla Jack Smith e Sabeer Bhatia lançaram a proposta de acessar seu email de qualquer computador.
  • Antes disso era preciso contratar serviços de um provedor e instalar um software específico para poder mexer na sua caixa de mensagens.
  • Apesar de ter um produto excelente em mãos, uma ideia aparentemente simples fez com que hotmail espalhasse seu produto semelhante a um vírus.
  • No fim de cada email trocado pelos usuários, eles adicionavam a mensagem: “ps i love you get your free email at hotmail”.
  • O Hotmail cresceu sua base de usuários do zero a 12 milhões em apenas 18 meses.

Quais Hacks de sucesso atuais você tem visto por aí? Conta pra gente nos comentários! 

Os melhores conteúdos no seu e-mail toda semna

Já assinou nossa newsletter? Aproveita e assina aqui para receber toda semana conteúdos sobre growth, tecnologia, inovação, carreiras e muito mais. 


O que você achou deste conteúdo?
Quer receber nossos conteúdos?
Seu cadastro foi efetuado com sucesso! Enviaremos as novidades no seu email.
Oops! Something went wrong while submitting the form.